COISAS E COISINHAS DO NOSSO MUNDO augusto semedo

05
Jan 08

O primeiro aviso sonoro da lambreta surgira bem em cima da ponte de Trajano, sobre o Tâmega. Antes do senhor Otelo imobilizar o veículo junto às margens do rio e voltar a ecoar aquele sinal, semelhante ao grasnar com que os patos respondiam enquanto se aproximavam. Lá longe, dois deles davam às asas, recuperando a distância para os demais.

Grasnando constantemente, os patos dirigiram-se aquela margem, subindo a ligeira inclinação de relva e aguardando, de bico no ar, a vez de aproveitarem a refeição que o senhor Otelo lhes trouxera.

Contou-nos que faz isto há cinco anos. Todos os dias. Trata-os pelo nome. Sabe quem são os mais envergonhados, a quem precisa de atirar o pão; e os atrevidos e desenrascados, sempre na primeira fila à espera de mais. Mostrou-nos o dedo que, há uns anos, quase era arrancado por um pato grande. Levara-lhe o anel mas conseguira recuperá-lo. E há ainda o pato que ficou sem uma pata, não conseguindo por isso subir até ele, e que quase morrera sem alimento.

"Pronto, já não há mais! Hoje, acabou!".

Levantou-se, os patos voltaram às águas do Tâmega. Sorriu, gostou de ser fotografado e deu o endereço para que lhe enviasse uma. Quase acabávamos aquela tarde fria em sua casa, ali a dois passos do centro de Chaves, vencidos pelos repetidos convites em saborear as irresistíveis iguarias locais.

publicado por Augusto Semedo às 22:37
tags:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
17
18
19

20
22
23
25
26

27
28
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO