COISAS E COISINHAS DO NOSSO MUNDO augusto semedo

24
Abr 13

Esta tarde, alguém calculou mal a manobra e deslizou na traseira do para-choques do carro. Não se acusou, nem com um bilhete que podia deixar junto ao carro, devidamente estacionado. Certamente, quem assim procedeu acobardando-se, escondendo a sua azelhice e fugindo às elementares responsabilidades de cidadania, estará agora algures a insinuar superioridade moral e a tecer acostumadas críticas a ...outros. Quem o escuta julgar-se-á perante alguém impoluto, socialmente responsável, exemplar cidadão.
Quem se insinua alcança. Julga os outros mas não o faz consigo. Exige aos outros mas esquece-se que antes deve exigir-se a si próprio. Cansado ando eu de os ver! Aproveitam-se e nada dão em troca. Fazem-se amigos mas fogem ao primeiro desafio. Lisonjeiam servilmente com descaro. Encavalitam-se como podem, saltitando sagazmente mas nada retendo para lá do seu ego infinito...
A eloquência e aparência de tantos, seja ela moral e ética, seja no domínio privado ou público, faria supor uma sociedade mais sã, próspera, com manifestações de cidadania capazes de transmitirem conforto e segurança, confiança e optimismo. Se as sociedades se fazem com as pessoas, será sempre o seu comportamento a determinar a matriz social dominante.
Quem está mal é sempre o vizinho. Somos desconfiados e pessimistas. Vivemos em desconforto permanente. Duvidando de regras e das hierarquias. Derrotando à partida e invejando em permanência. Sem visão de conjunto, sem critério, sem horizontes... Eu por mim, tudo e todos em função do meu eu - assim parece ser a regra!

publicado por Augusto Semedo às 23:34

04
Jan 09

Último dia de 2008 e primeiros de 2009, postos de combustíveis em auto-estradas no país vizinho:

Gasóleo »»»»  0,85 euros

Gasolina 95 »  0,83 euros

 

Não, não é engano!

publicado por Augusto Semedo às 23:11

16
Dez 08

Fui já a alguns Mc Donald's mas ainda em nenhum tinha tido o grato privilégio de pagar uma ida ao WC. Aconteceu agora em Bruxelas, capital belga e do chocolate, cidade do Atomium, da Grand Place e do menino que é visto por milhares a urinar. Há (haverá) uma lenda e a romaria de turistas contempla aquele pequeno boneco com a pilinha à mostra e verter água em permanência.

Montar o negócio do penico parece dar resultado. A longa fila naquela estreita escada rumo ao WC confirma o elevado número de cidadãos desejosos de se aliviarem. Chegados ao piso inferior, pagarão 30 cêntimos de euro e entrarão em casas de banho normalíssimas, bem melhores que outras certamente encerradas se tivessem sido alvo de uma qualquer inspecção por parte da ASAE.

De resto, as promoções do restaurante estão praticamente ao mesmo preço, o que leva a considerar a hipótese do negócio do penico poder ter sucesso naquela movimentada capital da União Europeia. Até porque o chocolate que nos entra pelos olhos e o frio que o corpo suporta com dificuldade podem causar apertos inoportunos... 

 

NOTA: Querem uma fotografia do Natal em Bruxelas? daquem-e-dalem.blogspot.com

publicado por Augusto Semedo às 00:37

Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO