COISAS E COISINHAS DO NOSSO MUNDO augusto semedo

03
Jan 08

As Burgas, fontes de águas termais (as temperaturas situam-se entre os 60 e os 100 graus centígrados), ou a abundância de ouro no curso do rio Minho, que atravessa a cidade, terão dado origem ao nome: Orense, denominação castelhana, e Ourense - denominação galega, oficial desde 1983.

Província galega do interior, mas com óptimos acessos por auto-estrada (sem portagens!), permite desfrutar da imensa beleza natural. O ambiente rústico permanece em pequenos núcleos urbanos, pintalgando de granito a imensa mancha verde dos montes e vales. O património arquitectónico está bem preservado no interior da cidade, como é hábito de resto nos centros urbanos espanhóis, e transporta-nos às várias etapas do seu crescimento.

Tendo sido sempre um ponto estratégico de comunicação, é hoje a terceira cidade mais populosa da Galiza. Talvez por isso, o crescimento urbanístico a que assistiu colida com o encanto do seu núcleo mais histórico.

A ponte de origem romana integrava a via que provinha de Braga e Chaves até Compostela, como está bem assinalado no local. Deste às águas quentes que brotam das Burgas há de permeio a Catedral e a Plaza Mayor - onde, apesar da inclinação relativamente acentuada, se chegaram a realizar corridas de touros.    

publicado por Augusto Semedo às 16:38
tags:

Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
17
18
19

20
22
23
25
26

27
28
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO