COISAS E COISINHAS DO NOSSO MUNDO augusto semedo

15
Out 07

Aveiro / Distrito cai para 8º lugar no investimento previsto em PIDDAC - Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central - no conjunto dos distritos do País.

O "bolo" para 2008 fica-se pela metade do ano corrente, acentuando a tendência de descida.

Investimentos reclamados há décadas, como a via rápida Aveiro/Águeda e a Pateira, continuam ignorados pelo Estado. Muitas promessas e muitas visitas depois...

Águeda continua ignorada pelo Governo socialista e, neste particular, os últimos PIDDAC são uma derrota para a actual Câmara Municipal.

A Pateira tem sido uma bandeira da autarquia que, pelos vistos, não sensibiliza o Governo da mesma cor. Governo, de resto, chefiado por um político que, enquanto secretário de Estado, juntou o seu nome à infinita lista dos que se deslocaram à lagoa.

As acessibilidades constituem um problema que persiste, apesar da indignação se avolumar desde os anos 80. Aumentam as dificuldades de circulação na região, seja em direcção a Aveiro ou Coimbra, seja para chegar à auto-estrada (onde curiosamente, ou talvez não, persistem os erros de indicação nos acessos mais curtos e rápidos para Águeda).

À autarquia aguedense resta que o PIDDAC de 2009, ano de eleições, seja bem mais simpático.

Ao distrito, e a exemplo das legislativas anteriores, não irão faltar "figuras de cartaz" no topo das listas dos principais partidos concorrentes ao Poder. À força eleitoral do distrito não tem correspondido o necessário investimento. Falta que a população aveirense mostre um cartão vermelho a quem se comporta consigo desta forma!  

publicado por Augusto Semedo às 09:34
tags:

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
16
17

21
23
25
27

28
29
30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO