COISAS E COISINHAS DO NOSSO MUNDO augusto semedo

12
Ago 07

O que faz, afinal, evoluir um atleta? As vitórias e os títulos de campeão? Ou a seriedade com que se encara o trabalho proposto e a superação?

As vitórias são motivadoras e enchem o ego de quem as consegue. São importantes; mas podem ser inconsequentes, no futuro do atleta, se não encontrarem consistência no processo formativo e se não forem alicerçadas num trabalho persistente.

Superar é ir à procura de fazer cada vez melhor, é ter a certeza de que faremos amanhã melhor que hoje, dando respostas ainda mais firmes perante os diferentes desafios que a competição permanentemente coloca.

Se todos os dias, em treinos e jogos, o atleta procurar ultrapassar os seus próprios limites, em situações competitivas diversas, tentando vencer as suas próprias capacidades, estará em busca da superação.

Neste caso, o atleta, devidamente enquadrado num processo formativo, garantirá a sua evolução.

Haverá sempre metas competitivas a atingir, mesmo na formação, mas sempre na sequência do trabalho realizado. Metas realistas, que nem sempre passam pela vitória - muito menos pela vitória a qualquer preço - mas por objectivos de performance aferidores da evolução conseguida.

publicado por Augusto Semedo às 12:53

Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO