COISAS E COISINHAS DO NOSSO MUNDO augusto semedo

20
Jul 07
Estive ontem onde, na próxima 4ª feira, os ciclistas que correm o Tour terminarão mais uma violenta etapa. A inclinação da estrada de acesso ao Col d'Ausbisque chega a ser de 11%. Além da acentuada subida, são as curvas apertadas, o piso incerto e talvez o clima adverso que a sua capacidade de superação tentará ultrapassar.  
Mesmo com tamanhas dificuldades, são muitos os amantes do ciclismo - a maioria deles aparentando idades bem avançadas... e algumas mulheres - que trepam montanha acima. A cadência é lenta e os rostos evidenciam o sofrimento que a tarefa comporta. Todos eles impecavelmente equipados com as cores do pelotão internacional.
No 'col' há três bicicletas gigantes (lembando que as decisões do Tour também passam, e muito, por ali...), um parque de estacionamento, um bar/restaurante e lojas de artesanato. Ontem, o nevoeiro dos últimos quatro quilómetros da subida não permitiu que se concretizasse a prometida vista panorâmica sobre os pirinéus. 
Só mesmo o ciclismo para levar tantos turistas ao Col d'Ausbisque. A modalidade marcou gerações e ainda hoje tem muita gente que a vive com paixão... e a pratica. E o Tour é mesmo o Tour... O desporto pode ser realmente um óptimo meio de promoção de um lugar, de uma região ou de um país. (algumas fotografias neste blog)
publicado por Augusto Semedo às 23:52
tags:

Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
28

29
30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO