COISAS E COISINHAS DO NOSSO MUNDO augusto semedo

15
Mar 07
Para quem utiliza a A25 e não anda distraído, mesmo sabendo onde sair para apanhar a melhor ligação para Águeda, deve intrigar-se pela inexistência de qualquer referência a esta cidade/concelho na sinalização da nova auto-estrada. Na realidade, a única (!) existente no sentido Viseu – Aveiro está situada no nó de Albergaria, e já em pleno corredor de saída – que, como se sabe, é separado fisicamente das vias principais.

É, no mínimo, estranho que a sinalização ignore o concelho mais populoso e mais empregador da região, gerador de um movimento que não encontra paralelo em nenhum outro servido directamente pelos nós de Talhadas e Albergaria.

Mas vamos por partes. Ainda antes do nó de Oliveira de Frades, no sentido Viseu-Aveiro, surge uma primeira indicação de Sever do Vouga com a respectiva distância a percorrer para chegar ao centro deste concelho. E até ao nó das Talhadas são frequentes as indicações Sever do Vouga / Talhadas.

Quem sabe – porque indicação não há – o trajecto mais directo para Águeda faz-se a partir das Talhadas. São 19 quilómetros e, não obstante algumas curvas mais apertadas, a estrada serve, evitando-se que se percorra mais de uma dezena de quilómetros descendo até Albergaria. E, enquanto não se cometer a injustiça de ser o utilizador a fazê-lo, é o Estado a pagar à concessionária por cada veículo que circula, por desconhecimento do condutor, no lanço entre Talhadas e Albergaria.

A realidade é que a indicação de Águeda é inexistente. E, pasme-se, na placa colocada já no corredor de saída, surgem Talhadas e… Doninhas para virar à direita após o entroncamento que se segue. Águeda, mesmo, só no topo desse entroncamento, misturado com placas de muitos lugares.

Doninhas deve gerar um movimento tão intenso, muito mais que Águeda certamente. Só assim se explica que a placa de sinalização da rotunda volte a ignorar Águeda, indicando aquele e outros lugares da freguesia de Talhadas; Águeda, só depois de contornar quase toda a rotunda!

A caminho de Albergaria o panorama é similar. Além da referência natural a este último município, o nó – situado precisamente nos limites dos concelhos de Águeda e Albergaria – contém apenas a informação de que serve o IC2, Porto e Coimbra. Águeda só mesmo no corredor de saída…

publicado por Augusto Semedo às 11:47
tags:

comentário:
O SENHOR SEMEDO, SABE QUE DONINHAS PODE NAO SER MUITO IMPORTANTE PARA SI MAS PARA QUEM VIVE LA É, SABE É COM MUITO GOSTO QUE VIM DE AGUEDA VIVER PARA AQUEL SITIO NAO MOVIMENTADO.... E ESTA HEIM?
mla a 8 de Abril de 2008 às 17:31

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
16
17

18
19
24

25
26
29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO